segunda-feira, 30 de junho de 2008

Eu Odeio Pobre!

Você declara IRPF? Não? Então saia deste site, pois te odeio seu isento Filho da Puta.

(Modelo de Isento Filho da Puta!)

Sempre que eu escrevo algo com um tom mais “ácido” de humor altamente afro-descendente (translating: humor negro) recebo uma penca de comentários de criaturas defensoras das classes oprimidas, me xingando e argumentando o quanto eu sou errado, o quanto eu sou “filho” de uma sociedade injusta, o quanto minha vida é boa demais pra eu falar de gente que tem que ralar o mês inteiro pra ganhar o que eu ganho na semana, etc.

Primeiro: concordo com tudo.

Segundo: convido a todos que criticam tão ferozmente a seguirem os mesmos passos: correr atrás de tudo o que desejam, e tentem fazer a diferença de um modo correto e sem ganhar tudo de mão beijada. Tentem fazer algo que presta em suas vida.

Vocês vai dar 100% de razão pra mim o porque eu virei isto que virei, nunca fiz nada contra os "princípios da sociedade" (se é que existe um) e acabei tendo um site como este, arranjei um emprego suado para conseguir pagar meus estudos, estou quase formado e com expectativas na vida.

Terceiro: vão tomar no meio dos seus respectivos buracos anais.

Poizé rapaziada. 2:07h da matina do sábado, e eu acabando de chegar em casa, sabe porque? Não, eu não estava na Bêbado. Não, também não estava na balada, nem no bar meus queridos leitores. Quem me dera estivesse.

Eu estava correndo. Correndo feito um louco, no alto da minha sedentarisse, devo ter corrido mais do que em um ano inteiro. e sabem porque assíduos leitores?

Dois pobres, isentos filhos duma puta, assaltaram o carro do Aristóteles-Chan. Estávamos na faculdade, comemorando mais um semestre deixado para trás, e na hora de ir embora, é abordado por 2 meliantes.

Porra, ninguém que estava na rua o ajudou, não tinha um carro de policia por perto, bateram no nosso filósofo, roubaram as coisas que estavam no porta luvas do carro, levaram a minha mochila que estava lá, levaram as coisas do curso do Aristóteles-Chan, e deixaram o rádio e o carro?!?

(Onde estava o Fanfarrão do Nascimento nessa hora?)

Eu gostaria de saber, o que ESSE BANDO DE FILHO DA PUTA VAI FAZER COM UMA CALCULADORA CIENTÍFICA? perdi minhas chaves, minha carteira de estudante, minha calculadora, e vária outras coisas, Já Aristóteles perdeu seus 2 celulares, seus perfumes, e um monte de outras coisas!

O importante é que ele está bem, ficou com uma marca no ombro por causa de uma coronhada (é, todo mundo que tem uma arma na mão fica muito homem né?), mas ter que passar por uma humilhação dessas, e ver as coisas que você comprou com o seu serviço suado de todo dia, realmente é revoltante.

A solução para esse problema está sendo desenvolvida de Filósofos Bêbados® Corporation Ltda. , e se trata de um Emissor Gigante de Raios Gama.

Construídos diretamente no espaço, viajam em nossa órbita carregando uma potente arma de raios gama, capaz de disparar um projétil energético de 800 giga-joules de energia, o suficiente para fazer um buraco de, digamos, o tamanho da Venezuela. Imaginem quantos Filhos da Puta poderíamos dizimar com isso?

(Deixando o Planeta um Lugar melhor para se habitar!)

Resumindo, Tô Puto.

E Aliás, estamos com quase 700 visitas, e nenhum Post passou de 3 comentários, aproveito para falar para vocês, leitores, tomem vergonha em suas caras gordas, e comentem, não demora nem uns minutinhos porra, nem que seja pra xingar esse que vos escreve!

9 comentários:

Marcelo disse...

Concordo com vossa excelência.

Por mim, todos propensos a matar e a roubar deveriam ser esterilizados e enviados para morar em plutão!

Que morram todos marginaizinhos de merdaa! Filhos de uma Puta, mais muuito puta mesmo!

Morte a todos!

Anônimo disse...

É isso ae seu filho duma rapa coco, vagabundo sem vergonha, tem que tomar vergonha e andar armado pra quando isso acontecer meter bala nos malandros. FEla da puta de Receita Federal, só fode a vida.

Rodrigo Miranda disse...

Concordo plenamente com vossa excelência e, na minha humilde opinião, essa classe vagabunda, ao morrer, deveria ser enterrada de cabeça para baixo, pois, caso resolvesse voltar a vida, quando cavasse iria dar direto no inferno que é o lugar devido.

Misantropo disse...

Seu texto é um lixo, vc é só mais um playboizinho metido a besta, vai a merda vc seu bosta...

Anônimo disse...

SABE PORQUE QUASE NINGUEM COMENTA ESSA MERDA ? PORQUE NEM VALE A PENA PERDER O TEMPO COMENTANDO ESTA COISA RIDICULA QUE VC ESCREVEU !!! VAI ACHAR O QUE FAZER, É BEM MELHOR DO QUE FICAR POSTANDO ESSAS MERDAS NO BLOG!!! BABACA !!! PERDI MEU TEMPO AQUI!AFF!


de : ane

Marie disse...

Concordo!
EU ODEIO POBRE,favelado então,devia ser fuzilado!
Lembro-me da época que aquele menino,Jão Hélio morreu arrastado,vi várias páginas de favelados no orkut dizendo que era bem feito,que o menino ia crescer e virar um play boy metido,que tudo quanto é filhinho de papai deveria morrer,etc.
Pra vcs,que gostam desses favelados,verem como esta gente não tem educação, sentimentos,moral,ética,dignidade,etc...

Marie disse...

Concordo!
EU ODEIO POBRE,favelado então,devia ser fuzilado!
Lembro-me da época que aquele menino,Jão Hélio morreu arrastado,vi várias páginas de favelados no orkut dizendo que era bem feito,que o menino ia crescer e virar um play boy metido,que tudo quanto é filhinho de papai deveria morrer,etc.
Pra vcs,que gostam desses favelados,verem como esta gente não tem educação, sentimentos,moral,ética,dignidade,etc...

Marie disse...

O que odeio mais que pobre,é rico metido à pobre,pois acha que isto é cult,undergroud,moderninho,ou sei lá o quê.
Rico que anda fedido,de cabelos e barbar com sebo,oleosos,com livrinho de marx em baixo do "sovaco" frequentando pagode e baile funk,usando roupas fuleiras e usando palavreado de baixo nível sócio-cultural.
A testa do Steven Jobs me dá nojo,detesto gente de pele oleosa,a capa do livro dele dá-me náuseas.

Dario castro disse...

concordo com vc por isso que não volto morar no Brasil graças adeus moro hoje em Mônaco nem parece o planeta terra mora aqui a 2 anos nunca vi um resto de cigarro na rua isso se chama cultura coisa que pobre não tem não é pq nasceu proletário que tem que ser porco e burro