quinta-feira, 31 de julho de 2008

Você está Erroneamente Certo!

(Anjinho pregando a palavra)

O que é certo?

Defina o errado!

Caros leitores, já percebeu que durante toda a sua insignificante vidinha, pessoas se preocupam em nos ensinar o que é certo e o que é errado? Só que são o certo e o errado DELES, não que seja por mal, para eles isso é o CERTO a se fazer.

Pais, família, igreja, escolas e a vizinha que cuida da vida dos outros, todos participam dessa visão dualista do mundo, onde tudo pode ser analisado pela ótica do certo e errado.

A vida porém mostra que as coisas são bem mais complexas, o que é certo, pode, em certos momentos ser errado, da mesma maneira que um grande erro pode ser a coisa certa a se fazer.

Tudo gira em torno da ótica que estamos usando, o que é certo pra minha vida, o momento que estou passando, nossa consciência descansar tranqüila durante a noite, nossos amores e como satisfazê-los. São todos pontos de vista que alteram sua percepção de certo ou errado! São tantas as variáveis, tantas coisas a se considerar que fica impossível diferenciar ou mesmo determinar o certo e o errado.

Vamos ver o exemplo de um grande filho da puta: o Homem Bomba! Ele é mal, certo? Só faz coisas erradas não é? Ele vai pra onde depois de explodir, amigos católicos? Pro INFERNO! Tudo bem, ótimo ponto de vista. Agora você amigo muçulmano, ele fez algo errado? Claro que não, matou porcos capitalistas em nome de Alá, e agora terá sua benção em desfrutar das 40 virgens que lhe foram prometidas!

(Eles tem motivos para se explodir)

Leitores desse blog, principalmente os machos tarados, se você vivesse em uma sociedade extremamente religiosa, onde bebidas alcoólicas são proibidas, mulher anda de burca pela rua de modo que só se consegue saber a cor de seus olhos, não se pode ouvir música e nem cantá-las, não pode ter imagens femininas impressas em revistas ou jornal (Nada de PlayBoy) , os homens são obrigados a deixar a barba crescer (caso contrário, são presos e ficarão na cadeia até a barba ter o comprimento que as autoridades achem satisfatório), os homens são obrigados a participar da oração comunitária, é proibido fumar, é proibido jogar baralho e todos os cinemas foram fechados.

Nessa hora chega uma criatura, falando que se você colocar bombas no seu corpo, e matar um americano em nome de Alá, você terá passagem livre para o harém sagrado, onde as virgens o esperam! Porra, quem não vai querer se matar? Ele está fazendo o certo para ele, não é mesmo?

Outro exemplo, os esquimós do Alasca praticam o infanticídio há séculos, quando a tribo está crescendo muito eles matam os recém nascidos, saudáveis ou não. Isto está certo ou errado?

Fazem isso porque se a tribo crescer muito faltará caça e eles não poderão alimentar a todos. Então bem mais pessoas morreriam de fome e frio pois vivem em áreas inóspitas e geladas. Na cultura deles é a coisa certa a se fazer. Para mim não existe uma relação daquilo que é certo e outra do que é errado. Apenas algo gerado pela sociedade para confortar as pessoas!

Mas vejam só:

O cara que criou o certo e o errado realmente foi um gênio, mas ele deve ter emperrado o desenvolvimento da nossa espécie. Hoje nossa vida fica muito mais fácil pensando em certo e errado, o certo e errado balizam as decisões que nós tomamos! Claro, o preço é tornar as pessoas mais ignorantes! Mas isso é só um detalhe!

Pensem que antes de existir certo e errado o que existia eram nossas vontades, e nós humanos fazíamos aquilo que sentíamos necessário para a nossa sobrevivência. Ótimo, até que um dia, em uma tribo nômade pré-histórica qualquer, houve falta de espaço ou falta de comida.

Nessa hora, um humano resolveu matar o outro porque o outro estava ocupando o espaço dele e comendo o que era seu (não estou me referindo a esposa do cidadão, maníacos tarados). O chefe deve ter se preocupado com isso e deve ter estabelecido que isso não seria o melhor a fazer, ou que isso era proibido porque era errado, pronto, agora todo mundo ia para o chefe e perguntava o que era certo e o que era errado, afinal, como foi ele quem criou a teoria (de certo e errado), ele que cuidasse de desenvolvê-la! Se fodeu Mané!

(Chefe da Tribo Nômade Pré-Histórica ensinando conceitos de Certo e Errado)

O chefe, de saco cheio de falar em certo e errado, deve ter ensinado algumas coisas para que cada indivíduo conseguisse julgar por si só o que era certo e errado. Aí foi o começo de toda a putaria: religião, leis, tratados, padrões sociológicos, padrões mentais. Sempre um querendo estar mais certo do que o outro! E quem é o juiz?! Deus ?! Quanto trabalho para ele!

Assuntos como religião, futebol, política, sexo, relacionamento, nada disso tem certo e errado, e todo mundo sabe! O mais impressionante é que continuamos a buscar o certo e o errado para cada coisa dessas. Fazemos juízo de valor para cada opinião emitida: um diz que não acredita em deus, o outro cai matando em cima; a garota diz gostar de beijar garotas, a sociedade rotulam ela como aberração; um diz que está certo o cara que não dá esmolas, o outro diz que religiosamente, não dar esmolas é um absurdo!

O que quero dizer é que precisamos olhar o mundo de forma mais ampla, ver além do certo e errado, entender o mundo a nossa volta para que possamos errar da maneira correta ou evitar o certo que traz infelicidade. Posso não estar certo, mas errado também não estou amigos leitores!

4 comentários:

VJ disse...

Caramba, adorei esse blog e olhe que não li ainda tudo, só o post do certo e errado. Concordo plenamente com a abordagem. Costumo dizer que se acho que estou certa, certamente é o certo. Porque se penso isso é porque acho que estou certa. Não que seja a verdade, mas o que penso.
Acho que vc entendeu. Nesse mundo filosofo é mais ou menos assim que as coisas funcionam. Só sei que nada sei!! kkkkkkkkkkkkkk
Estou linkando o blog, pois gostei muito. Não costumo fazer isso, é a primeira vez, mas se vcs autorizarem, depois quero copiar esse texto do "certo" pro meu, colocando seu blog como fonte claro. Espero respostas. Abraços

Filósofo Platão disse...

VJ

Fico feliz que tenha gostado do texto!

Muito mesmo! Espero poder contar com sua visita sempre!

Claro que pode copiar o texto! Se nos ajudar com um link, seria ainda melhor!

Passa depois o endereço do seu blog pra gente também!

Grato. Platão!

Rosa disse...

Adorei teu blog. Serei leitora assídua... se for certo... também se for errado... lerei do mesmo jeito. rsssssssssss.

Rosa, Juazeiro-BA.

Jáááárdel disse...

concordo em grau numero e profundidado!!! tava pensando as mesmas coisas outro dia... deve ser um "trasmimento de pensação" que viadagem... hehehe