sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Extinção do dinheiro!


Se existe algo que eu ache pré-histórico é o DINHEIRO e a MOEDA!

Queridos leitores, não tem nada mais ultrapassado do que carregar um pedaço de papel em sua carteira, acompanhado de algumas peças de metal.

O pior é que estamos no século 21, plena era da informática, onde consigo fazer minhas compras pela internet, agendar vôos pela internet e até fazer sexo pela internet. Porque diabos preciso de dinheiro então?

Na verdade, não preciso. Eu acho que deviam acabar com dinheiro.

Simples, caro leitor, cada pessoa devia ter um cartão de débito/crédito para suprir a necessidade do dinheiro, obviamente que todos estabelecimentos deveriam aceitar o negócio.

(Melhor que dinheiro!)

Mesmo sendo um investimento inicial alto, compensaria, porque depois que você cria dinheiro virtual, o custo diminui, e a praticidade aumenta. Logo, praticidade + diminuição de custos = ótima idéia!

E o melhor, a partir do momento que você esta movimentando o dinheiro todo eletronicamente, poderiam mudar com a merda que são os impostos de hoje. Sim, acabem com o imposto também. Imposto de renda, IPVA, IPTU, ISS, acabem com todos. O que pode ser feito é: um novo CPMF.

Agora imagino dos belos nomes que estão usando para descrever minha pessoa, mas antes de me xingar, usem o pouco de inteligência que vocês possuem e pense bem, cada movimentação financeira que você faz no banco, você pagava 0,038% de CPMF. Só que fora isso, você paga cerca de 40% a 60% de impostos em tudo. No carro, no supermercado, tudo.

Se juntar todos os impostos pagos, você gasta a maior parte de seu dinheiro com eles. Seria muito mais simples se acabassem com TODOS, e criassem o CPMF novamente com uma taxa de 20%.

Ai, qualquer movimentação financeira que você fizer, estaria pagando 20% para o governo. Pense bem, um carro que você pagaria 22 mil, sairia por 14 mil sem impostos. Mesmo acrescentando os 20%, ainda estaria economizando um ótimo dinheiro, sem falar que não existiria o IPVA!

Logo, você vai pagar a parcela do carro, pague 20%. Você vai pagar a compra no supermercado, 20%. Leitores, simples e prático. Eu ia rir de orelha a orelha porque eu ia pagar bem menos impostos sobre tudo!

E além de tudo isso, o governo ia arrecadar MUITO mais, porque ia ser uma tributação automática. Menos impostos seriam coletados, só que iam ser coletados DE TUDO, assim, a arrecadação ia ser MUITO maior. Não existiria mais sonegação de parte alguma!

(Uma alternativa ainda melhor que o cartão, para um futuro próximo!)

E outra coisa, acabando com o dinheiro em espécie, e o governo tendo o controle dos gastos gerais, as conta não deveriam mais chegar em casa uma por uma, e sim UM papel apenas: “Sr. Platão, você tem R$ 500,00 em contas para pagar, sendo R$ 100,00 da internet, R$ 100,00 da energia elétrica, R$ 100,00 do supermercado, R$ 200,00 da adega”

Mas tenho certeza que aparecerão pessoas de bom coração e de baixo QI para criticar o meu ponto de vista, alegando que "Hackers" iriam adorar essa minha filosofia, zerando contas e mais contas de banco! Alegando também que vagabundo nunca acabará, e só se modernizará!

Para quem pensar assim, desejo que deguste da glande de um jumento! Porra, idiota sempre vai existir. Sabe aquele sujeito que clica no “mulherpelada.exe” ou "Fotos_da_Eloa.bat" e tem a senha do cartão roubada? Então, para esses casos, não há solução, ele continuará sendo roubado! Porém, é muito mais INSEGURO pegar dinheiro no caixa eletrônico, fazer um cheque ou assinar uma promissória do que as transações eletrônicas.

Fraude hoje em dia só acontece pela idiotice dos usuários, o sistema em si é perfeitamente seguro, tanto que é adotado em nível federal (TEF), praticamente todo nosso dinheiro viaja na internet, acabar com o dinheiro não é uma questão de como ou porque, é uma questão de quando!

E digo mais: se for pra ser assaltado, prefiro que usem um mouse e não um 38! Até nesse aspecto eu vejo evolução.

Cara, este mundo podia ser bem melhor: Platão for King of Earth!

15 comentários:

déia disse...

olá meninos

passando pra convidar vcs a fazerem parte da arvore de natal da blogosfera

procurem por favor o post e participem é muito legal

qq coisa entra em contato

agurado!

Trynithy disse...

Me emocionei agora... Adorei o texto!!!

Poderiam existir pessoas mais inteligentes como você no mundo!

beijos e parabéns pelo blog!

Táxi Pluvioso disse...

Mas então isto já não é feito? Gasto o dinheiro todo sem nunca o ver.

Os impostos é outra história. São sinal de civilização. Pagar ao rei, ajoelhando, pagar ao Estado, ajoelhando e rezando, traz muitos benefícios para a nossa vida. Ruas para as mulheres trabalharem, hospitais para curar as dores, escolas para ficar burro etc.

Law disse...

passa lá no http://devaneiosdeumamenteconturbada.blogspot.com/

que tem um selo pra vocês!

Anônimo disse...

Não sei não. Como vou comprar meu chiclete na esquina?
Ótimo post.

Poderiam existir pessoas mais inteligentes como você no mundo![2]

Talita Morena Roots disse...

tá certo!!!
certíssimo!!!
apoiado!!!

seu blog é muito bom
vou linkar no meu, blz

beijão!!!

Táxi Pluvioso disse...

Com muita piada.

David disse...

O Dinheiro virtual já realidade. Eu nem lembro quando foi a última vez que vi alguma nota na minha carteira (Exagero óbvio). Na verdade ando só com os cartões no bolso. (Eu espalhos eles em vários bolsos, porque sou um perdedor de carteiras nato) E concordo com você que a extinção do papel moeda é um caminho certo, assim como a extinção do papel de uma forma geral. O que não deve sumir são os impostos. São esses impostos que garantem que uma minoria cresça (Incluo a minha profissão, mesmo sendo pagador de impostos, viva aos 60% do valor de importação cobrabos como imposto, isso aumenta o meu saldo bancário continuamente ao longo dos anos, comentário típico de quem não deixa de contar vantagem) e são esses impostos que garantem necessidades básicas, mesmo essas necessidades sendo basicamente não atendidas no Belíssimo país que vivemos. Mas sem impostos, nem o precário seria feito, com uma justificativa que teria que ser engolida a seco. A falta de dinheiro em caixa. E víveríamos as custas da inicitiva privada que as vezes priva mesmo!

Calango disse...

rapaz...


eu concordo em parte velho... mas não tive tempo de pensar direito nos benefícios e problemas...

e outra coisa...

as pessoas aprenderam a se proteger dos bandidos físicos...

pq não podem se proteger dos virtuais?

Anônimo disse...

Adorooooooooo a sua criatividade...rsrsrs

aiai...rsrs


Bjussssssssss

Jáááárdel disse...

é... eu que tenho o nome sujo no serasa e no SPC só poderia concordar com vc quando a minha divida prescrever e eu poder usar cartões de credito novamente...

hehehe

Jhennifer Cavassola disse...

kkkkkkkkk amei demais essa postagem!!! Realmente pra que dinheiro?? Hoje fazemos tudo por internet, até meu esposo conheci na net kkkkkkkkkkk Apoio o uso do cartão! E já pensou se aqui no Brasil, cada estabelecimento tenha a maquina da digital? E se todas pessoas precisem ter em casa a maquina tambem? HUmmm bem interessante! Quanto aos roubos de net, fico indignada co os virus, porraa, só presta pra lascar o pc. Acho que a pessoa fica mais indignada com o roubo da grana por internet, e ao vivo a pessoa só lembra do susto kkkkkkkk Mas falando sério, pelo mouse é bem melhor e fora que o banco cobre.

Saudades demais daqui e de blogar. Meu blog ta pras aranhas. Mas estou curtindo muito aqui na BA.

Beijos :)

Heráclito disse...

Platão,
Esse seu ponto de vista sobre o fim do papel-moeda tem suas vantagens e desvantagens, por exemplo, se estou na fila do mercado comprando mais cervejas para levar à uma festa repleta de lindas jovens dispostas a se abrir para mentes privilegiadas como as nossas e acaba a luz as lindas donzelas teram que esperar que a força volte para eu pagar as cervejas no meu cartao.
Por outro lado, se dou uma passadinha rapida no bar para tomar uma cerveja antes daquela aula entediante e a luz acaba, terei que continuar bebendo ate que a luz volte para eu perceber que nao lembro mais da minha senha e peça outra cerveja.

fluidrocker disse...

achei esse blog atravês os trechos relacionados com George Carlin. O engraçado é que esse postagem realmente vc não tinha pensado muito sobre o outro lado. Se vc tiver qualquer problema com autoridades ou seja fora que a sociedade considerar a padrão, é muito facil DESLIGAR o chip que tem todos seus dados. aí o jogo é outro ! cai nessa não !

Rudinei disse...

Creio que isso nunca vá acontecer. Se extinguisse a "moeda física" (o que seria a melhor solução do mundo para muitos problemas) como iriam nossos fabulosos políticos corruptos enfiarem dinheiro na cueca? seria mais complicado o processo de desvios de verba! Não, eles não querem isso!