segunda-feira, 27 de abril de 2009

Filosofando a arte futebolística


Prezados leitores do Filósofos Bêbados, devido ao fato de minha sobrancelha ter voltado ao seu estado normal, o meu humor voltou a ficar legal, assim, preparei um novo texto para vocês.

Fazendo uma leitura completa de nosso blog durante o fim de semana enquanto degustava de uma maravilhosa Erdinger, percebi que não tive o prazer de escrever para vocês sobre a maior paixão desse povo ignorante chamado “brasileiro”. Filosofarei hoje a vocês sobre Futebol.

Será que algum de vocês conseguiria me explicar o porquê dessa obsessão doentia e na maioria das vezes, agressiva, sobre um esporte onde 22 homens feio, suados e analfabetos correm atrás de uma bola durante 90 minutos?

Não que eu não goste de futebol queridos leitores, muito pelo contrário, mas não ultrapasso o limite da sanidade por causa dessa “paixão nacional”. Muitas coisas possuem um grau de importância superior no meu ponto de vista de prioridades.

(Se Futebol fosse assim, seria uma de minhas prioridades)

Paremos um minuto para analisar então os “astros” em questão desse esporte. Astros esses que possuem nomes cultos como Rosembrinck, Elkeson, Marlos e Breitner. Astros que ganham muito mais do que você, leitor graduado e que ralou na vida para conseguir o seu primeiro carro popular, enquanto eles correm atrás de uma bola e andam com carros importados. É óbvio que ter cérebro nessas horas é o menos importante.

(Astros versáteis)

E esses famigerados “astros” também se arriscam em entrevistas para a imprensa. Eu gostaria de saber qual o real motivo de entrevistar alguém que não sabe falar nem ao menos a sua língua nativa? Para que entrevistar pessoas que tem sempre o mesmo a dizer, como se seguisse um script? Aliás, quem está interessado em ouvir o que eles têm a dizer?

Exemplo de entrevistas pós jogo:

Palavras após uma derrota.
"Agora é assimilá o golpe e seguí trabalhano na humildade aí pra dá segmento no trabalho aê, sempre na correria aê pra buscá o resultado positivo e os 3 ponto aê na proxima partida que é de fundamental importância aê pra nóis seguí com moral na competição aê e se dedicano ao máximo, aê."

Palavras após uma vitória.
"É foi uma vitória sofrida, suada, né, mas o grupo tava unido, sôbe fazê né o trabalho bem feito dentro das quatro linhas, e com a ajuda aê dessa torcida maravilhosa sempre apoiando nóis fica feliz né, o professor também foi dano as instrução aê pra mim posicioná em campo né e com o trabalho aê do pessoal nóis sobemu criá chance e graças a Deus não deixá o adversário surpreender né, mas vamo seguí aê em frente rumo ao título ae né."

Aumento de cultura significativo após as belas palavras do jogador. (Sarcasmo Mode-On)

Mas como só assistir partidas de futebol estava ficando meio sem graça, as pessoas decidiram se organizar para seguir os seus amados clubes do coração. E assim nasceram as torcidas organizadas, onde um bando de machos (?), peludos e suados que ficam gritando riminhas com provocações esdrúxulas para a torcida adversária, e muitas vezes o que menos importa é a partida de futebol em si.


Não sei que tipo de merda passa na cabeça de alguém para sair do conforto de sua casa com o intuito de se juntar com um bando de retardados, e assim, poder brigar com outro bando de retardados, só porque vestem uma camisa da cor diferente da sua.

A estupidez humana não tem limites.

E para completar, sendo eu um filósofo da paz, e detentor de um grande talento futebolístico, convido qualquer perna de pau leitor dessa merda de blog para participar aos sábados de uma partida de futebol amistosa entre os filósofos. Só deixo avisado, vá preparado para ser humilhado, pois esse que vos escreve possui uma habilidade sem igual.

Vídeo de nossos jogos:



Óbvio e ululante que após o jogo, preencheremos a face de álcool com muita cerveja.

Grato, Platão.

Ps1: Gostaria de agradecer ao Vinícius Affonso pelo ótimo vídeo do Monty Python. Os caras são do Caralho.

Ps2: Se alguém tiver algo a acrescentar sobre futebol ao nosso texto, sinta-se a vontade de se expressar nos comentários.

Ps3: Nunca faça uma aposta comigo referente a futebol. Principalmente algo idiota como: “Ronaldo não faz gol no São Paulo, aposto uma Absolut com você seu corintiano de merda!

Resultado:

Estou degustando uma Absolut Mango!

Chupa Maquiavel, seu filho de uma grandíssima prostituta!

8 comentários:

Anônimo disse...

Nossa, Alguém já disse que vc é MUITO foda?

Estou apaixonada pelo Blog.

Parabéns Platão...

Está favoritado, volto sempre...

Beijux...

Tio Gard disse...

Haheiaheaiehaiuea concordo com o post.

Mas infelizmente é só mais um exemplo (entre tantos) da magnífica estupidez humana...

Jáááárdel disse...

eu não jogo bola pq sempre que jogo arranjo uma inimizade, pois jogo tão bem que os outros ficam com raiva e querem me bater...

já o negócio de torcer, eu torço pra qualquer time desde tenha churrasco e cerveja grátis!

Anônimo disse...

Quando li o nome do post logo imaginei que vcs iam me responder pq vcs homens correm atras de uma bola????? Mas me decepcionei pq nem vcs sabem a resposta...enfim.

Como sempre adorei como todos outros, apesar da decepção...

Bjos ♥

Vinicius disse...

Aeeeeeee!!!
Minha sugestão foi pra frente.
Ótimo post!

Anônimo disse...

Platão, me explica: como alguém pôde ser tããããão idiota a ponto de achar q o Ronaldo não faria gol em alguém ou em 'alguma coisa' qualquer??? Deve ser algum bambi frustrado, só pode ser! hahaha!!! O Ronaldo fez, faz e fará gol em quem ele quiser, onde ele quiser e na hora que ele quiser... Tá acima do peso??? tá sim... iiiiiiiiiii??? Se o REI se curvou diante da genialidade do Ronaldo, apenas os "bobos da corte" ainda acham q o CARA não é mais o CARA... pobres mortais! hahaha!

No fim, se deu bem hein Platão!

CHUPA 'MESMO' MAQUIAVEL!!! huahuahhuahuahua...

agora eu só espero q o CORINTHIANS esqueça o "JÁ GANHOU" e o "EU JÁ SABIA", pelo menos até terminar o jogo. Depois de arregaçar com os sardinhas no Pacaembu aí sim: correr pro abraço!!!
L.H.P total ,
Humildade então, mais do que nunca!

SAUDAÇÕES PLATÃO!!! É TIMÃO!!!

Sentilavras disse...

hehehehe! q massa! tbm queria uma absolut...

Concordo com o post. Odeio rixas de torcida.

Fê, disse...

Achei tri o texto,só que eu assisto jogo justamente pelos "caras peludos e suados" ,fora isso futebol não tem graça.


Beijão!
sucesso!